Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \02\UTC 2013

Revisão em Tiago

Toda sexta-feira participo de um Hangout com amigos conquistados nos congressos da FIEL e nele estudamos a Palavra de Deus e oramos juntos. Estudamos o livro de Tiago e, recentemente, eu tive a tarefa de fazer uma revisão dos estudos feitos para que pudéssemos fechar com a última parte do capítulo 5 no estudo posterior (que já tivemos também). Assim, disponibilizo aos leitores o meu resumão, pode ser bastante útil no estudo da Palavra de Deus. Façam bom uso, mas citem a fonte.

Contexto do Livro:
  • Os irmãos da Dispersão estavam sofrendo ameaças pelos judeus e Império Romano;
  • Passavam por aflições e Dificuldades;
  • Fé em Deus posta em teste (provada);
  • Imaturidade para lidar com a provação (não conseguiam conciliar fé e prática).

Orientações para que tenhamos atitudes corretas em meio às provações (Tiago 1.1-8)

  1. Regozijo em meio às provações.
  2. Orar por sabedoria para entender as provações.

 Orientações para se enfrentar as provações da forma correta (Tiago 1.9-20)

  1. O nosso equilíbrio espiritual não deve depender das circunstâncias.
  2. Distinguindo provação de tentação.
  3. É preciso ouvir Deus (pela Palavra) em meio às provações.

Ouvir e Praticar (Tiago 1.21-27)

  1. Fugir de pecados que subvertem a mente e a nossa santidade em Cristo.
  2. Ouvir a Palavra com mansidão e submissão, pois é a mensagem de Deus para nós.
  3. Não basta ouvir bons sermões (ouvintes profissionais), é preciso praticá-los (operosos praticantes).
  4. Uma das funções da Palavra de Deus é apontar os nossos erros. Como um espelho aponta em que precisamos melhorar nossa aparência, a Palavra de Deus mostra em que precisamos nos santificar.
  5. O primeiro sinal de nossa conversão e crescimento em santidade é a língua.
  6. Crer e não observar (praticar) não serve de nada. A manifestação do nosso amor a Deus é expressa em nossas atitudes de amor ao próximo.

Tiago 2.1-13

  1. Uma verdadeira profissão de fé não manifesta predileção por pessoas dentro da igreja (acepção de pessoas)
  2. Nossas riquezas não são deste mundo, mas do porvir. Do ponto de vista cristão, somos todos iguais: carecedores da graça de Deus.
  3. A bajulação (adulação) é indevida.
  4. É o amor que deve nortear o relacionamento entre os irmãos, não o bolso (dinheiro).
  5. Se acha que pode tratar com parcialidade para evitar preferir uns e outros não… os dois procedimentos são pecados (parcialidade e preferências).
  6. Não praticamos a Lei para salvação, mas para a santificação. Essa mesma Lei nos julgará no Dia de Cristo Jesus.

Distinção de Fé Morta e Fé Salvadora (Tiago 2.14-26)

  1. Fé Morta
  • É uma fé divorciada da prática da piedade
  • É uma fé meramente intelectual
  • É uma fé ineficiente e inútil
  • É uma fé incompleta
  • É uma fé morta
  • Não é melhor que a fé dos demônios
  1. Fé Salvadora
  • A fé salvadora está baseada na Palavra de Deus
  • A fé salvadora envolve todo o ser humano
  • A fé salvadora conduz à ação

Tiago 3

  1. O uso da língua
  2. O fruto de justiça

Tiago 4.1-10

  1. Em guerra contra as pessoas
  2. Em guerra contra nós mesmos
  3. Em guerra contra Deus:  temos aqui os três inimigos:  o mundo e o diabo (fora de nós) e a carne/natureza pecaminosa (dentro de nós);

Identificando o Mundanismo (Tiago 4.11 – 5.6)

  1. A maledicência.
  2. A arrogante jactância quanto ao futuro
  3. O enriquecimento ilícito
Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: