Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \01\UTC 2013

Ontem, por ocasião dos 496 anos da Reforma Protestante, eu publiquei no meu facebook que estava estupefata com um grande número de evangélicos que estava comemorando um evento histórico que fora desencadeado por doutrinas das quais eles levantam a bandeira contra. Não consigo compreender como pessoas que crêem em dons de línguas, por exemplo, comemorem quando Lutero e tantos outros reformadores diziam “Sola Scriptura”, ou ainda outros que não compreendem a salvação pela graça somente, estejam vibrantes pelo “Sola Gratia” que eclodiu a Europa após Lutero publicar as 95 teses que revolucionaram a história da Igreja e serviram de encorajamento a tantos outros grandes nomes da história da Igreja, como Calvino, Zwinglio, John Knox, Spurgeon, Watson e tantos outros…

Bom, mas isso não vem ao caso agora. O fato é que na minha postagem eu postei que se fossem comemorar o halloween, seriam menos cínicos. Tsc tsc tsc… pra que? Sempre tem alguém que não gosta do jeito como falo (com razão!!) e, nesse caso, acabo recebendo alguma notificação inbox. Não tenho problemas em pedir perdão. Ofendi… não faço mais do que minha obrigação em pedir perdão. Mateus 18 faz muito sentido na minha vida. Mas o que ninguém sabe é que, enquanto pedia perdão, eu sentia no meu coração: eu também sou cínica em muitas situações. Deixe-me explicar:

SustoDos tantos significados de cinismo (via Houaiss), uso sempre aquele que diz respeito ao ser hipócrita. Se você acompanha meus textos, vai ver que no post passado eu falei que Jesus está equivocado todas as vezes que Ele diz uma coisa e eu faço outra. Isso é pura hipocrisia, puro cinismo. E convenhamos… Quem nunca se envergonhou numa oração com Deus pelos pecados cometidos conscientemente (aqueles que você sabe que são pecados e, mesmo assim, insiste em cometê-los)?

Falando sério, esse não é um post de justificativa de nada… É apenas um modo de dizer que eu entendo quando Paulo disse que era o principal dos pecadores (1 Timóteo 1.15). Eu também me sinto a pior das pecadoras, quando em oração a Deus, contrição e arrependimento dos meus pecados eu noto quão cínica eu sou em saber a Verdade e mesmo assim desobedecê-la. Eu fico estupefata com meu cinismo.

Vale ressaltar que aqui reside um ponto crucial… Não basta reconhecer o cinismo. É preciso lutar contra ele, isso é crescer em santificação, isso é desenvolver a salvação com diligência. Que Deus nos capacite para tal.

Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: