Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \16\UTC 2012

Pessoal, tudo bem? Chegamos à hora de passarmos adiante em outras reflexões, mesmo sabendo que nenhuma discussão esgota em si mesma. Sempre há algo novo a ser dito, a ser pensado, a ser aprendido. Contudo, eu não seria má de deixá-los sem minha opinião a respeito de maturidade cristã, tanto nos homens quanto nas mulheres.

Para isso, eu gostaria que vocês tivessem em mente dois tipos de seres humanos: (1) aquele que viveu em perfeita comunhão com Deus, antes da queda, e; (2) os demais seres que agora vivem sob essa condição de pecador (uns redimidos, outros não, mas todos pecadores).

Porque eu quis propor essa premissa? Simplesmente porque o pecado que habita em nós, cega algumas áreas da nossa vida, incluindo a questão maturidade. Também porque o elemento ‘santificação’, do plano da redenção de Cristo em nós, converge para que retornemos ao estado de Adão antes da queda. É claro que esse fator só se evidenciará plenamente com a glorificação, mas até lá, temos de crescer em santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor (1 Pedro 1.16).

Todos os problemas levantados na opinião feminina que causam falta de maturidade nos homens e vice versa são resultado de uma baixa vida de santificação, se assim podemos tratá-la, em termos de níveis. Isso significa que para sanar essas ‘falhas’, cada um de nós precisamos buscar crescer no temor do Senhor, porque “o temor do SENHOR é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo é prudência” (Provérbios 9.10).

No final das contas, eu creio que quando se tem o temor do SENHOR, então é fácil crescer em maturidade cristã, porque quem vive para Deus, pensa nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra, como disse o apóstolo Paulo. E quando se pensa assim, quando se enche o coração de Cristo, então se busca verdadeiramente o Reino de Deus em primeiro lugar, daí, Ele se encarrega de ir moldando a nossa vida ao seu caráter, até que nos tornemos homens sensíveis (não frouxos) e mulheres comprometidas com a fé (e não com a maquiagem, rsrsrs).

Meu conselho aos jovens é que busquem uma vida de retidão, uma vida coerente com aquilo que Deus requer de nós. Quanto ao sexo oposto, não adianta ficar querendo mudar, porque ninguém muda ninguém, só quem muda é Cristo. Então, quanto ao outro (e a si mesmo), é oração! Oração para que Deus faça as mudanças necessárias para que a maturidade cristã seja visível e o nome de Deus seja glorificado.

É por aí!

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: